Indicadores

Perfil do Trabalhador – Aprendiz

O painel com o perfil dos Aprendizes possibilita o mapeamento desses trabalhadores considerando dados geográficos, ocupacionais, gênero e escolaridade.

Perfil do Trabalhador - Aprendiz

A Lei n.º 10.097/2000, que instituiu a Aprendizagem Profissional, entrou em vigor após ser regulamentada pelo Decreto n.º 5.598/2005. O texto determina que empresas contratem jovens, na faixa etária 14 aos 24 anos, que estejam matriculados em escola ou curso técnico. No caso das Pessoas com Deficiência (PcD), não há limite de idade para a contratação. A remuneração, calculada com base no salário mínimo, é proporcional ao número de horas previsto no contrato de trabalho do aprendiz.

A lei em questão promove a inclusão social de jovens ao viabilizar o acesso ao primeiro emprego bem como possibilita o desenvolvimento de diferentes competências para o mundo do trabalho. No que se refere aos empresários, a lei possibilita que essas empresas contribuam para a formação dos futuros profissionais do país por meio da divulgação dos seus valores e da cultura das suas organizações.

O indicador do Perfil do Trabalhador apresenta um mapa para a análise das posições da CBO em relação aos cenários de Emprego, Desemprego e Seguro-Desemprego. Esse painel com o perfil dos aprendizes possibilita realizar um mapeamento do perfil dos trabalhadores, considerando dados como, por exemplo, gênero e escolaridade. Ademais, disponibiliza informações sobre níveis de qualificação profissional nos estados e nos municípios brasileiros, com o intuito de viabilizar a realização de análises sobre a necessidade de investimentos direcionados aos jovens, com base nas ocupações da CBO e nas atividades das empresas (CNAE).

Clique e acesse o indicador:

 

Perfil do Trabalhador – Aprendiz